Histórico: Lulu da Pomerânia / Spitz Alemão

lulu da pomeraniaO Lulu da Pomerânia é o menor cão do grupo dos Spitz Alemães, ele faz parte da família Spitz, de cães originados na Alemanha no início do século XVIII. A raça recebeu este nome quando começaram a chegar à Inglaterra os primeiros exemplares vindo da Pomerânia (onde só se criava o Spitz branco.

Reconhecido pelo Kennel Clube Inglês, em 1870, o Lulu da Pomerânia ganhou popularidade quando a Rainha Vitória - da Inglaterra, passou a ser proprietária de um exemplar. É excelente como companhia, sendo muito carinhoso com o dono. Mesmo sendo um cão pequeno, desempenha bem a função de cão de guarda. Sua altura é de 28 cm. e pesa entre 2 e 3 quilos. As cores aceitas são o branco, o laranja avermelhado, o cinza e o preto e sua pelagem atinge a maturidade apenas aos três anos de idade.

 

Características: Lulu da Pomerania / Spitz Alemão

O Lulu da Pomerânia, ou Spitz Alemão Anão, é ativo, alerta e independente, porém muito dedicado a sua família. Curioso e brincalhão ele é reservado com pessoas estranhas. Ele possui a maior parte do corpo coberta por pêlos longos, e por isso precisa de escovação diária. De porte pequeno, é ótima companhia para pequenas caminhadas, quando pode se exercitar de modo satisfatório.

Nacionalidade: Alemanha
Classificação: Companhia
Grupo FCI: 5
Grupo AKC: 9
Porte: Miniatura

 

Perfil Clínico: Lulu da Pomerania / Spitz Alemão

Todas as raças caninas portam doenças características que pode ou não se manifestar.

No Lulu da Pomerânia, a luxação de patela, é mais raramente problemas visuais são os pontos fracos.

Uma criação cuidadosa, a boa escolha das matrizes e padreadores são essenciais para evitá-las.

 

Cuidados: Lulu da Pomerania / Spitz Alemão

Mantenha sempre rigorosamente limpos seus objetos e acomodações.

· NÃO dê restos de comida, doces, gordura, abacaxi, carnes gordas, ossos de aves, coelho, porco ou qualquer outro que forme farpas quando mastigados. Em hipótese alguma de ao seu cão Lulu da Pomerânia | Spitz Alemão filhote ou adulto carne de porco. Não dê carne totalmente crua, afervente-a para eliminar bactérias e outros organismos nocivos, temperando-a apenas com alho e pouco sal. O alho funciona como vermífugo e antibiótico naturais, porém jamais use sal grosso para temperar qualquer comida do seu cão. Alimente-o em intervalos regulares e não dê guloseimas entre refeições.

· Observe com cuidado as orientações quanto à alimentação do seu cão. Utilize sempre ração adequada à idade e ao seu grau de atividade, tendo o cuidado de não comprar ração a granel, adquira embalagem hermeticamente fechada, mantendo-a bem fechada depois de aberta. Caso seja necessário dar comida caseira, não o faça sem orientação especializada, o balanceamento errado poderá causar problemas. Lembre-se sempre que cachorro deve comer comida de cachorro, o metabolismo canino é diferente do humano em muitos pontos.

· Durante toda a vida do seu cão, deixe sempre água limpa e fresca à sua disposição. Pelo menos até 4 (quatro) meses de idade, tenha o cuidado de servir somente água filtrada ou fervida, para prevenir o mais possível as infecções intestinais.

· Evite dar ao seu cão ossos da 'canela' bovina, eles são muito duros e sua mordedura é muito forte podendo até quebra-lhes os dentes.

· Utilize comedouros de metal, que propiciam higiene mais eficiente pois você poderá inclusive levá-los ao fogo se houver necessidade. Prefira comedouros graduados que acompanham o crescimento do animal. Eles auxiliam no treinamento para recusa de alimentos vindos de estranhos, no fortalecimento da musculatura do pescoço, na melhoria e manutenção de uma bela postura, além de ajudar a evitar que os dedos das patas dianteiras fiquem abertos como 'pés de galinha'.

· Até completar processo inicial de vacinação (4 a 5 meses), não o leve à rua, mas se for necessário faze-lo, carregue-o no colo ou em gaiola apropriada, procurando demorar o menor tempo possível fora de casa. As viroses são impiedosas e geralmente fatais. Quando precisar por a mão na boca, olhos, ouvidos, nariz ou genitália do seu filhote tenha o cuidado de lavar bem as mãos, mas não permita que ninguém além do veterinário o faça. Proteja-o o maximo possível, saiba que mesmo vacinado a imunização só dará efetivamente a partir do sétimo mês de vida, quando o organismo já terá desenvolvido defesas suficientes, portando observe os prazos mínimos de segurança.

· Quando levar seu filhote à clinica veterinária NÃO o coloque no chão sob qualquer pretexto, mantenho-o sempre no colo.

· Observe se ele está com frio ou calos e ajeite o ambiente para que se sinta confortável. Enquanto filhotes, são muitos sensíveis principalmente ao frio e à umidade, sendo alvos fáceis de pneumonia, gripe, resfriado etc. Quando adultos estão mais adaptados porém o frio em excesso e o contato direto com o chão podem causar reumatismo. O adequado é uma cama de madeira por ser material térmico, instalada em local coberto. No inverno, redobre os cuidados, resistência do animal abaixa, aumentam as micoses, as alergias as viroses etc. Cuidado mesmo com cães adultos.

· Procure dar-lhe diariamente um banho de sol, preferencialmente pela manhã. Quando adulto deixe-o à vontade.

· Seu cão deverá comer ração de filhotes até um ano de idade, para suprir adequadamente as necessidades do organismo em desenvolvimento.

· Dê banho em seu cão com produtos apropriados, mas, somente depois que o processo de vacinação esteja completo. Veterinários conscientes recomendam que primeiro banho aconteça somente aos cinco meses de idade. Não banhe seu cão durante os meses de frio, espere a chegada da primavera, até lá faça sua higiene misturando um a porção de vinagre e uma de álcool (cuidado com o nariz e os olhos), esfregue no pelo, utilizando uma esponja de banho e depois enxugue-o muito bem, ou ainda utilize os produtos existentes no mercado para esse fim. Não banhe seu cão, mesmo adulto para refrescá-lo, porque eles suam pelas plantas das patas e pela língua, reserve os banhos para quando o animal estiver sujo.

· Se quiser dar frutas e legumes ao seu cão, dê maçã e cenoura, a cenoura é rica em vitaminas essenciais além de ser de ótimo paladar para os cães. A maçã também é rica em vitaminas, ajuda manter os dentes limpos, melhora o hálito, ajuda a manter rica a flora intestinal e refresca a garganta.

· Após o desmame, até 3 (três) meses de idade, sirva uma vez por dia uma medida de 3 (três) ml (maior o menor quantidade de acordo com as condições físicas do animal), de Cálcio Vitaminado (Calcilan) e vitamina que agregue complexo B (VitaGold - Uso Veterinário). A partir daí, dê vitamina ao seu animal, sempre que notar alguma deficiência e durante o período de gestação, mas o cálcio deverá ser dado até no mínimo 8 (oito) meses de idade.

· ATENÇÃO! Todos os itens referentes à alimentação e medicação do seu cão, são apenas sugestões de tratamento para um animal saudável, qualquer complementação alimentar ou medicamentosa deverá ser feita somente sob a orientação de um medico veterinário de confiança e de capacidade profissional comprovada.

· Mantenha seu cão nutrido, sem deixá-lo gordo. Gordura não é saúde, pelo contrário, animais obesos só tendem a apresentar sérios problemas de saúde a curto ou longo prazos.

· Você que está adquirindo um filhote de cão de raça Lulu da Pomerânia | Spitz Alemão, deve observar todos os cuidados básicos necessários para bem usufruir da sua ótima companhia, e evitar problemas, traumas e sofrimentos futuros; a responsabilidade faz a diferença! Não é exagero saber que:
A) esta raça foi introduzida no Brasil há menos de 30 (trinta) anos, portanto seu organismo ainda não está totalmente adaptado ao clima tropical,
B) não é conveniente entregar seu filhote aos cuidados de médicos veterinários em inicio de carreira ou que não tenham boa experiência com raça,
C) cuidado, uma simples dor de barriga pode ser sintoma de problemas sérios e uma 'voltinha' com seu filhote antes do período mínimo de segurança pode representar morte inevitável com muito sofrimento para ele e para você ,
D) ao receber seu filhote do criador, leve-o ao médico veterinário de sua confiança, para avaliação geral,
E) mantenha sempre à mão, endereço e telefone de Clínica ou Hospital Veterinário equipados com todos os recursos para pronto atendimento de emergência 24 horas ( laboratório, UTI, etc.)
F) caso seu filhote Lulu da Pomerânia | Spitz Alemão apresente algum problema de saúde, por mais insignificante que pareça, e você não tenha suficiente experiência com a raça, não pense duas vezes, leve-o ao médico imediatamente ou telefone pedindo orientação, G) evite tragédias no futuro, eduque seu filhote. Saiba que esta é uma raça especializada em 'guardar', portanto extremamente do dono e seus pertences, portanto oriente as pessoas à sua volta para que não o provoquem nem o desafiem. A Cruz Vermelha Internacional utiliza cães desta raça para socorro em grandes tragédias como terremotos, atentados terroristas, etc. e também para busca e salvamento na neve, que é tradicionalmente uma especialidade da raça São Bernardo. Em alguns países, especialmente na Europa, já se descobriu seu potencial como cão de terapia, sendo usados em asilos de idosos, orfanatos e clínicas para criança-problema. São animais honestos e incorruptíveis, que conhecem sua grande força física, não aceitam provocação e normalmente quando oriundos de boas linhagens, possuem caráter equilibrado sabendo distinguir uma situação de perigo real ou não, comportando-se com tranqüilidade. Um cão Lulu da Pomerânia | Spitz Alemão equilibrado não tem medo, portanto eduque-o adequadamente, ensine-o a respeitar as pessoas e não temê-las e vice-versa. Por outro lado, um animal de má linhagem, inadequadamente manipulado ou mal tratado poderá tornar-se perigoso, basicamente por conta de sua força, uma vez que qualquer cão de qualquer raça ou tamanho morde. Portanto você decide o que quer do seu cão Lulu da Pomerânia | Spitz Alemão e é responsável pelo seu comportamento;
H) ao adquirir um filhote procure se informar das características físicas e psicológicas da raça para evitar o máximo possível a compra de animais de baixa qualidade;
I) cuidado ao adestrar seu cão, planeje muito bem o que deseja dele pois são animais muito 'inteligentes' e independentes. Redobre seus cuidados ao contratar um adestrador, tenha o cuidado de verificar sua reputação e seus métodos de trabalho para evitar surpresas desagradáveis. Um profissional irresponsável incompetente pode transformar seu amigo em uma arma. Caso não possa contratar um adestrador reconhecidamente sério e competente procure o Canil da Polícia Militar, onde você poderá encontrar um serviço de boa qualidade.

· Não deixe seu cão ser barulhento e incomodar os vizinhos, embora a maioria das pessoas não saiba, é proibido e existe legislação punitiva para isso.

· Procure educa-lo, sem bater, domine-o sem amedrontá-lo, não faça todas as suas vontades enquanto 'bebê'. Lembre-se que ele vai ficar adulto e poderá ser difícil tirar os maus hábitos.

· Após o término do processo de vacinação, NUNCA antes disso, e sua saúde estiver perfeita, comece a exercitar e socializar seu filhote, iniciando com caminhadas curtas e aumentando gradativamente, preparando-o para um posterior adestramento.

· Ao sair com seu cão à rua, nunca faça nas horas quentes do dia, eles não usam calçados e o asfalto queima suas patas; tenha ainda mais cuidado no verão, o calor exagerado pode causar até ataque cardíaco e morte.

· Cuidado com as brincadeiras do seu filhote, não incentive e limite seus pulos a alturas muito pequenas; eles são animais de constituição física pesada, tem muita energia, mas seus ossos e ligamentos ainda estão em formação; quebras e rompimentos podem resultar em aleijões irreversíveis ou morte.

· Tenha cuidado especial com relação ao piso. Providencie para que seja áspero, chão liso e escorregadio provoca quedas, afeta o equilíbrio e a postura, deixa os dedos abertos e pior que tudo pode provocar e / ou agravar tão seriamente processos de displasia que muitas vezes é necessário sacrificar o animal. Se o seu cão for habitar em locais gramados ou de terra, cuide com mais atenção do controle dos vermes e parasitas externos (pulgas e carrapatos), aranhas, abelhas, etc. e não deixe que aves domésticas ou não, principalmente pombos tenham acesso às suas vasilhas.

· Ao sair na rua com seu cão, não o deixe cheirar o chão ou comer qualquer coisa, mantenha-o sempre com a cabeça erguida. Acostume-o desde cedo a não deixar que ele o arraste nem tampouco avance ou aceite provocação de outros cães, além de esteticamente feio, faz o animal pensar que é ele quem domina a situação, especialmente se o seu exemplar for macho. Um 'não' dito com energia é suficiente para mantê-lo sob controle e conservar o padrão de dignidade natural da raça.

. Dê exemplo de cidadania, evite ser multado pela prefeitura, eduque seu animal para não fazer as necessidades na rua, mas se acontecer, tenha o cuidado de recolhe-las.

. Cuidado ao transportar seu cachorro em carros. Cães de guarda não podem transitar em veículos com caçamba aberta, transeuntes principalmente motoqueiros ou crianças podem ser atacados caso se aproximem muito do veículo ou façam gestos que o animal considere de ameaça ao seu dono ou à sua propriedade e a punição é séria.

. Leve seu filhote a médico veterinário idôneo e exija dele toda a orientação necessária para bem cuidar do seu exemplar. Ele deverá esclarecê-lo sobre os pontos fracos com relação à saúde inerentes a cada raça. No caso do Lulu da Pomerânia | Spitz Alemão, esse 'Ponto Fraco' é o sistema imunológico, portanto, não tenha receio de parecer 'ridículo' e exagerado nos cuidados com seu filhote até que ele supere a fase de risco. Descarte sem remorsos veterinários que não se disponha a prestar-lhe todas as informações de que você necessita ou que demonstrem comportamento inseguro ou anti-ético, assim você estará ajudando a eliminar do mercado os maus profissionais.

. Cuide da saúde do seu cão, da sua família e de todos com quem ele se relacione, mantendo em dia as vacinas, fazendo a vermifugação a cada 03 (três) meses ou a critério médico, observando com cuidado sua alimentação, higiene e conforto das acomodações, durante toda a sua vida.

 

LEMBRE-SE QUE O CACHORRO É UM MAMÍFERO TÃO SENSÍVEL QUANTO UMA CRIANÇA, COMO TAL, PRECISA RECEBER CARINHO PARA TER UM BOM EQUILÍBRIO EMOCIONAL E EDUCAÇÃO ADEQUADA PARA UM BOM CONVÍVIO SOCIAL. COM ESSES CUIDADOS BÁSICOS, SEU AMIGO SÓ LHE DARÁ ALEGRIAS E A CONVIVÊNCIA COM ELE SERÁ SEMPRE UMA FESTA.

 

rottweiler
premier
lulu da pomerania
BC Designer
entrevista
 
 
contato
 
lulu da pomerania